Peça teatral conscientiza crianças de Brusque sobre o trabalho infantil

Com o objetivo de ensinar e chamar atenção das crianças para o trabalho infantil, o grupo Trama foi convidado para desenvolver uma peça que abordasse o tema. A ação faz parte do Programa de Erradicação do Trabalho Infantil (Peti), da Secretaria de Assistência Social e Habitação de Brusque.

A peça mostra a história de uma criança que vai morar com o padrinho depois que a mãe é internada em um hospital. O padrinho dispensa a empregada e começa a utilizar da mão de obra escrava da criança, que tem cada vez mais tarefas e menos tempo para brincar e ir à escola. Nesse universo, a criança faz amizade com o Varre-varre (vassoura) e o Seu Dolô (espanador).

“Eles ganham vida, deixam de ser objetos e viram bonecos. Eles são os únicos amigos que a criança tem nessa jornada, eles ajudam ela a enfrentar o padrinho e a sair dali para encontrar a mãe”, explica a atriz e diretora da peça, Jenifer Schlindwein.

Ela explica que a peça tem o intuito de conscientizar a criança. “A peça ensina a diferenciar o que é trabalho infantil e o que é, na verdade, alguma colaboração em casa com a família, como por exemplo ajudar a arrumar o quarto ou lavar a louça”.

Autor da peça, Luís Henrique Petermann passou por um processo de pesquisa em leis de trabalho infantil e reportagens refentes ao caso, além de aproveitar sua experiência como professor para tratar de uma tema tão delicado.

“O tema infantil geralmente é mais difícil, porque tem que tomar cuidado da forma que aborda o tema e da maneira que vai atingir as crianças”, afirma.

Segundo ele, foram utilizados vários casos de trabalho como inspiração para escrever o roteiro. “Eu tentei não focar em apenas um caso, mas tentar atingir todas as crianças de forma geral”, ressalta.

Fonte: Jornal O Município